Atividade nas fábricas da Alemanha serão interrompidas inicialmente por duas semanas.

Porsche Taycan no prédio da primeira fábrica da Porsche, em Stuttgart Divulgação A Porsche anunciou nesta quarta-feira (18) que vai suspender sua produção de veículos a partir deste sábado (21) para evitar a contaminação de funcionários pelo novo coronavírus.

A interrupção, segundo a companhia, será inicialmente por duas semanas. Coronavírus: veja os efeitos na indústria automotiva Veja perguntas e respostas sobre a pandemia A fabricante de carros esportivos disse, em nota, que além da prevenção, os "gargalos nas cadeias de proteção globais não estão permitindo mais manter uma produção organizada".

"A Porsche está se preparando para um declínio na demanda e garantindo sua força financeira através dessas decisões", continuou o comunicado da companhia. A fábrica principal da empresa, em Zuffenhausen, e a instalação de produção em Leipzig, ambas na Alemanhã, serão fechadas a partir deste sábado.

As medidas foram tomadas, diz a Porsche, como parte de um processo organizado e em estreita colaboração com o conselho de trabalhadores. "As consequências reais ainda não são previsíveis.

Portanto, ainda é muito cedo para previsões.

O que está claro é que 2020 será um ano desafiador", afirmou Oliver Blume, presidente do comitê executivo da Porsche AG.

Segundo a montadora, o avanço da doença e seus desdobramentos serão monitorados constantemente. Initial plugin text